7ª SESSÃO DA ALIANÇA DOS PAÍSES DO ORIENTE TERMINA COM APROVAÇÃO UNÂNIME

A Aliança dos Países do Oriente (APO) se reuniu ontem (23) na sede da APO em Istambul, na República Oligárquica da Turquia, para sua 7ª Sessão Ordinária. Na mensagem de abertura, foi destaque as palavras do Secretário-Geral, Samir I do Barin:

“Nossa missão é promover a integração institucional, elaborar estudos e propor medidas concretas para melhor unidade e cooperação entre nossos Estados.Cumpre a esta organização, promover o equilíbrio de poderes, com vistas ao fortalecimento, e respeito a cada micronação. Essa função se exerce sem interferências, sem imperialismo. Acreditamos que cada micronação deve ter seu quinhão de participação neste mundo sem fronteiras e criativo que se chama micronacionalismo (…)

A delegação escorvanesa destacou a importância da integração de todas as micronações, em contrapartida a ideia do regionalismo internacional; a mais antiga delegação do bloco fez lembrar a trajetória da Aliança, criada com o objetivo de promover e incentivar o diálogo internacional e a integração de todos.

Com a maioria das delegações presentes, o Conselho-Geral foi unânime em aprovar a Resolução nº 007-2020/APO que admitiu o Reino Unido de Portugal e Algarves, o Reino de Gastón, o Reino de Piratini e a União dos Estados da Platina nos quadros do bloco, criou o Conselho Internacional de Segurança e estendeu direitos aos membros observadores.

Fonte: https://portal277.wordpress.com/