Política Externa

A política externa de Gastón é o conjunto de objetivos políticos que o Reino almeja alcançar nas suas relações com as demais micronações. É realizada através do Gabinete Real e costuma ser planeada de modo a procurar proteger os interesses nacionais do país, em especial sua segurança nacional, prosperidade económica e valores.

 

Acordos

Acordo Cidadão – Reino de Gastón e Reino de Santa Cruz (anulado)

 

Reconhecimentos

Reino da Grã-Bretanha e Irlandas

Reino de Santa Cruz

 

Tratados

Estado Principesco de Louwrensia

Estado Soberano de Moriel

Estado Social de El Dorado

Empire of Hispania 

Império da Karnia-Rutênia

Principado de Padme

Reino de Asturias

Reino de Castillastán

Reino de Santa Cruz

Reino Semita da Escorvânia

Repúblicas Unidas de Portugal e Algarves

 

Embaixadas

Bacatá, El Dorado

Barkai, Moriel

Belen, Escorvânia

Boa Esperança, Louwrensia

Cangas de Onís, Asturias

Fazzapur, Padme

 San Juan Bautista de México, Hispania

 

Organizações

O Reino de Gastón é reconhecido oficialmente pelas seguintes Organizações Micronacionais:

Organización de Micronaciones Unidas (OMU)

The Micronational Cartography Society (MCS)

The Union Against Micronation War (UAMW)